Programa P

Pesquisa

O Programa P foi desenvolvido com base em pesquisas, incluindo os resultados da International Men and Gender Equality Survey – IMAGES (Pesquisa Internacional sobre Homes e Equidade de Gênero), que destacam como o envolvimento dos homens no cuidado beneficia as mães, pode prevenir a violência contra mulheres e crianças e tem impactos positivos no bem estar da família. O Promundo e organizações parceiras conduziram pesquisas formativas para adaptar o Programa P em vários países e regiões.

Intervenção

Atividades práticas e dramatizações com pais e casais permitem criar um ambiente seguro para o questionamento de normas de gênero e para possibilitar novos e positivos comportamentos sociais relacionados com o cuidado e com o envolvimento dos homens no pré-natal e na primeira infância de seus filhos. Além de oferecer oficinas de sensibilização em grupo, o Programa P capacita profissionais do setor de saúde, apoia e mobiliza campanhas de sensibilização comunitárias, locais e nacionais.

Campanhas

Enquanto parte da campanha global MenCare, o manual do Programa P inclui um guia para a criação e lançamento de campanhas comunitárias que visem a promoção do cuidado positivo e ativo por parte dos homens.

 

Desenvolvido em parceria com as organizações Puntos de Encuentro, na Nicarágua, CulturaSalud, no Chile, e o Ministério da Saúde do Brasil, o Programa P (P de pai, em português e padre, em espanhol), visa dar resposta à demanda de estratégias concretas de envolvimento dos homens na paternidade e no cuidado desde a gravidez até à primeira infância. Com o apoio do Ministério das Relações Exteriores dos Países Baixos, o Programa P tem sido adaptado no Brasil, Indonésia, Ruanda e África do Sul em contextos urbanos e rurais, no âmbito do programa MenCare+ (+Pai, no Brasil). MenCare+, colaboração entre Promundo e Rutgers WPF, é um programa multi-dimensional que trabalha nos níveis individual, comunitário e político para envolver homens e mulheres como parceiros na saúde materna, neonatal e infantil, na saúde e direitos sexuais e reprodutivos e na prevenção de violência.

Ao dirigir-se aos homens, principalmente por meio do setor de saúde, o Programa P envolve os pais, parceiras ou parceiros em um momento crítico das suas vidas – geralmente durante a gravidez – quando estão receptivos à adoção de novos comportamentos de cuidado.

Especificamente, o manual do Programa P contém: (1) pesquisa sobre a importância do envolvimento dos homens enquanto cuidadores na promoção da saúde materna e equidade de gênero; (2) um guia para profissionais de saúde sobre como envolver os homens nas consultas pré-natais e nas unidades de saúde; (3) um conjunto de módulos interativos com atividades de sensibilização em grupo, voltadas aos homens e perfeitamente adaptáveis para o uso com casais; (4) um guia passo-a-passo para desenvolver e lançar uma campanha comunitária sobre paternidade e cuidado.

Trabalhar com homens enquanto pais é um ponto de entrada importante para discutir assuntos sensíveis sobre normas tradicionais de gênero e seus impactos negativos nas comunidades. Por meio de guias, dramatizações e atividades práticas (como aprender a mudar fraldas), homens e mulheres são incentivados a discutir e desafiar normas de gênero desiguais e a adotar comportamentos mais positivos nas suas famílias e comunidades.

Resultados qualitativos da implementação do Programa P mostraram mudanças positivas na vida dos homens e de suas famílias. Na Nicarágua, os jovens pais relataram melhorias nos relacionamentos com seus filhos, filhas e parceiras, bem como maior participação nas tarefas domésticas e de cuidado de crianças. Além disso, a partir de uma parceria entre a World Education e o Promundo, homens no Sri Lanka aprenderam a lidar melhor com fatores emocionais complexos e relataram uma diminuição do abuso de substâncias por sua parte e por parte das parceiras. Muitos dos homens e equipes que estiveram envolvidos na implementação do Programa P continuaram a difundir as suas mensagens na comunidade e mobilizaram outros homens. Uma testagem do Programa P está em andamento em Ruanda e os resultados são esperados para 2016. Atualmente, o alcance do Programa P está sendo ampliado pela Save the Children, com adaptações na Etiópia e na Índia.

Programas Relacionados

  • MenCare: A campanha MenCare promove o envolvimento igualitário dos homens nas práticas de cuidado e de paternidade equitativa e não violenta em todo o mundo.
  • MenCare+: MenCare+ envolve os homens enquanto parceiros na saúde materna e infantil; na saúde e direitos sexuais e reprodutivos e na prevenção da violência baseada em gênero.
  • Programa H: Dirigido a homens, o Programa H incentiva a reflexão sobre normas rígidas associadas à masculinidade e promove a transformação de papéis estereotipados relacionados com o gênero.