Living Peace: Estudo de Caso EMERGE

O conflito na República Democrática do Congo (RDC) fez com que milhões de pessoas perdessem suas vidas, fossem descoladas ou se tornassem vítimas ou perpetradores de violência. Embora a prática da violência sexual como arma de guerra tenha estado nos holofotes, muito menos atenção tem sido dada ao impacto psicológico do conflito em homens e mulheres, e em particular, para as mudanças dramáticas que os papéis de gênero e as masculinidades sofrem como resultado do conflito, que podem perpetuar a violência. Este Estudo de Caso traça a abordagem, a disseminação e lições aprendidas da metodologia Living Peace na RDC, que fornece apoio psicossocial através de terapia em grupo para homens e suas companheiras. Os sucessos e desafios do Living Peace podem informar o desenho e a implementação de modelos de apoio psicossocial para homens e mulheres que sofreram trauma, reduzir a violência baseada no gênero (VBG), promover a cura, restaurar relações e reconstruir comunidades em situações de pós-conflito.