Brasil

Com a criação do Instituto Promundo em 1997, no Rio de Janeiro, Brasil, a equipe do Promundo iniciou um legado de atuação no país. A primeira sede da organização é reconhecida internacionalmente por desenvolver pesquisa, metodologias, intervenções comunitárias e ações de incidência política (advocacy) no Brasil, na América Latina e em países de língua portuguesa, que são avaliadas e disseminadas mundialmente.

Conselho Deliberativo

Barbara Mourão

Presidente

Barbara Mourão é mestre em Antropologia Social, pela UFRJ, doutora em Sociologia pelo IUPERJ e fez Pós-Doutorado no Centro de Análise e de Intervenção Sociológicas (CADIS/EHESS/CNRS). É autora dos livros “Mulheres Invisíveis: Violência Policial e Novas Políticas de Segurança; “Mulheres Policiais: Presença Feminina na Polícia Militar do Rio de Janeiro” e “Prisioneiras: Vida e Violência atrás das Grades” (este último com Iara Ilgenfritz). Foi Subsecretária Adjunta de Segurança Pública, Presidente do Conselho de Segurança da Mulher e Subsecretária de Segurança da Mulher do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Foi pesquisadora da Fundação Ford junto ao Vera Institute of Justice, em Nova Iorque e, desde 2001, é pesquisadora do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC), da Universidade Candido Mendes.

...MAIS

Pedro Strozenberg

Vice-presidente

Pedro Strozenberg é graduado em Direito pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e doutor pela Universidade de Burgos (Espanha). Trabalhou na ONG Viva Rio onde contribuiu para a idealização de alguns programas. Especializou-se no tema de Mediação Comunitária, tendo coordenado o programa Balcão de Direitos de 1997 a 2001 ano em que publicou o livro "Balcão de Direitos: Resoluções de Conflitos em Favelas do Rio de Janeiro". Atuou também na Ouvidoria Geral da Petrobras, no Programa de Proteção a Testemunhas (PROVITA) e atuou como colaborador em inúmeras iniciativas de Segurança Pública e Direitos Humanos no Brasil. Atualmente assumiu a Secretaria Executiva do Iser, onde coordena pesquisas e estudos orientados sobre políticas sociais brasileiras e co-coordena o Centro de Mediação Comunitário do Morro do Chapéu Mangueira e Babilônia (CEMECO).

...MAIS

Cristina Pimenta

Cristina Pimenta é doutora em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), mestre em Educação pela Universidade de George Mason, Virginia, e graduada em Psicologia pela Universidade de Maryland nos Estados Unidos. É Professora Adjunta da Faculdade de Enfermagem da Universidade Veiga de Almeida, no Rio de Janeiro, e consultora responsável pela Coordenação do Núcleo de Pesquisa do Departamento de DST/AIDS e Hepatites Virais (DDAHV) do Ministério da Saúde. É especialista em HIV/AIDS, saúde sexual e reprodutiva com extensa experiência nacional e internacional em saúde pública.

...MAIS

Elizabeth Süssekind

Elizabeth Süssekind é doutora pelo Centro de Pesquisa e Documentação da Fundação Getúlio Vargas e Mestre pela PUC-Rio. Leciona Criminologia na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e foi professora e pesquisadora na Universidade de Wisconsin e na Universidade de Minesota. Trabalhou em diversas organizações civis de proteção a direitos humanos de presos, refugiados e crianças.

...MAIS

Jorge Lyra

Jorge Lyra é um dos fundadores do Instituto Papai, ONG feminista que trabalha com homens e masculinidades, sediada em Recife, Pernambuco, desde 1997. É integrante do Projeto H e Aliança H que fez parte da origem da Rede Menengage e co-autor da série Trabalhando com Homens Jovens, mais particularmente do manual sobre paternidade e cuidado e dos vídeos Minha Vida de João, Medo de quê e Era uma vez outra Maria. Entre 1997 e 1999 foi bolsista da MacArthur Foundation no Programa "População: Fundo de Capacitação e Desenvolvimento de Projetos", e em 2001 foi bolsista da Fellow Ashoka. Atualmente é professor dos cursos de graduação e pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Pernambuco; líder do grupo de pesquisas do CNPq Gênero e Masculinidades - Gema/UFPE; coordenador do Grupo de Trabalho em Gênero e Saúde da Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO; e coordenador do Grupo Temático Gênero, Saúde e Direitos Reprodutivos da Rede Feminista Norte-Nordeste de Estudos e Pesquisas sobre Mulher e Relações de Gênero - REDOR. Jorge também faz parte do Grupo de Trabalho Psicologia e Estudos de Gênero da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia - ANPEPP; do GT sobre Fecundidade, Comportamento Sexual e Reprodutivo da Associação Brasileira de Estudos Populacionais - ABEP; e é membro do Comitê consultivo/BVS-Adolec/Bireme-OMS/OPAS do Ministério da Saúde. Tem experiência de ensino, pesquisa e extensão na área de Psicologia Social e Saúde Pública atuando principalmente nos temas gênero e feminismo, homens e masculinidades, adolescência e juventude, saúde, direitos sexuais e direitos reprodutivos, análise de políticas e movimentos sociais. É psicólogo e bacharel em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco, mestre em Psicologia Social pela PUC-SP com a dissertação "Paternidade adolescente: uma proposta de intervenção" e doutor em Ciências (Saúde Pública) pela FIOCRUZ/ CPqAM/ NESC com a tese intitulada "Homens, feminismo e direitos reprodutivos no Brasil: uma análise de gênero no campo das políticas públicas (2003-2006)".

...MAIS

Magaly Marques

Magaly Marques tem 25 anos de atuação profissional em saúde sexual e direitos reprodutivos com enfoque feminista. Sua especialidade é a gestão de projetos com enfoque de gênero, diversidade e direitos sexuais. Desde 2008 ela integra o quadro de direção executiva da Planned Parenthood Los Angeles no cargo de Vice-Presidente de Educação Comunitária. Sua experiência profissional inclui assessoria de programas para afiliados da Federação Internacional de Planejamento Familiar (IPPF), representação da IPPF na Bolívia, direção do programa de bolsas para pesquisa em saúde sexual e reprodutiva da Fundação MacArthur no Brasil, e direção executiva do Pacific Institute for Women’s Health na Califórnia. Magaly é pós-graduada em Filosofia pela PUC-São Paulo onde lecionou por alguns anos. Atualmente integra conselhos consultivos e deliberativos em níveis local e internacional.

...MAIS

Margareth Arilha

Margareth Arilha é pesquisadora do Núcleo de Estudos de População (NEPO) da UNICAMP e compõe o núcleo de pesquisadores do CEBRAP Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. Desde a década de 80 vem trabalhando em investigações no campo de gênero, saúde reprodutiva e políticas públicas, e sua trajetória tem sido marcada pela articulação entre pesquisa, ensino e participação social, sempre envolvida em projetos inovadores. Durante os anos 80 e 90 coordenou a área técnica de Saúde da Mulher do Conselho Estadual da Condição Feminina de São Paulo. Margareth foi uma das fundadoras da ONG ECOS - Estudos e Comunicação em Sexualidade, assim como da Comissão de Cidadania e Reprodução onde exerceu papel de destaque. No período de 2001 a 2006 foi assessora regional de UNFPA na Equipe de Apoio Técnico para a América Latina e Caribe, situada no México, na área de Políticas de Saúde Reprodutiva, Gênero e Direitos. Coordenou a Comissão Intersetorial de Saúde da Mulher do Conselho Nacional de Saúde (CISMU) entre 1995 e 2000, e atualmente participa do Comitê Coordenador do Consórcio Latino Americano contra o Aborto Inseguro (CLACAI). No período entre 2010 e 2012 foi coordenadora do Grupo de Trabalho de Fecundidade e Comportamento Sexual e Reprodutivo da ABEP Associação Brasileira de Estudos Populacionais. Margareth é graduada em Psicologia com Licenciatura em Educação pela Universidade de São Paulo, e com formação em Psicanálise pelo Instituto Sedes Sapientiae. É mestre em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo/Núcleo de Estudos em Gênero, Raça e Idade e doutora em Saúde Pública pelo Departamento de Saúde Materno-Infantil da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.

...MAIS

Miguel Fontes

Miguel Fontes é graduado em Administração pela Universidade Católica de Brasília, mestre em Relações Internacionais pela Johns Hopkins University e doutor em Saúde Pública pela Johns Hopkins University. Possui experiência em desenvolvimento de programas de responsabilidade social corporativa, elaboração de análises de políticas públicas e econômicas, consultoria para organizações não-governamentais e sociais em gestão estratégica, projetos de Avaliação de Impacto Social (AIS), projetos com crianças e adolescentes em situação de rua, trabalho e orfandade em razão da AIDS, desenho de levantamento de dados e pesquisa e avaliação de projetos e mobilização social. Sua experiência de campo abrange a América Latina e Estados Unidos em desenvolvimento de estratégias de sustentabilidade.

...MAIS

Conselho Fiscal

Iderley Colombini

Presidente

Iderley Colombini é mestre e doutorando em Economia pelo Instituto de Economia da Universidade do Rio de Janeiro (IE-UFRJ) e pesquisador em Economia Política no Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE). Tem desempenhado pesquisas na área de desenvolvimento econômico e na inter-relação da economia com a política nos novos processos de desenvolvimento. No IBASE trabalha como pesquisador na área de Desenvolvimento Econômico e Democratização do Estado, com foco na elaboração de estudos de pesquisa e na coordenação e participação de seminários e reuniões sobre o modelo atual de desenvolvimento brasileiro e nos países pertencentes aos BRICS. Tem atuado também em processos de interlocução com o BNDES e a na construção do novo Banco de Desenvolvimento dos BRICS.

...MAIS

Juliana Tibau

Vice-presidente

Juliana Tibau tem vasta experiência em Recursos Humanos e Gerenciamento de Projetos. Atua na Luta pela Paz Brasil desde 2007, ONG da qual é a atual Gerente de Programas, passando a integrar o seu Conselho Diretor em 2013. Juliana Tibau é formada em Psicologia pela PUC-Rio, pós-graduada em Recursos Humanos pela Universidade Cândido Mendes (UCAM) e tem MBA em Gerenciamento de Projetos para Organizações Sociais pela Fundação Getúlio Vargas.

...MAIS

Sandra Vale

Sandra Vale é advogada e mestre em História, Política e Bens Culturais pela Fundação Getúlio Vargas. Possui experiência de mais de 15 anos em gestão, coordenação e produção de ONGs, projetos, programas, eventos e campanhas. Nos últimos cinco anos atuou como produtora executiva do programa “A Cor da Cultura” do Canal Futura. Realizou o documentário “Triângulo” com o coletivo Tás a Ver e foi curadora e diretora de arte da exposição “O lugar do outro”, do fotógrafo Walter Firmo. Anteriormente atuou como coordenadora do projeto Balcão de Direitos de atendimento jurídico e mediação de conflitos em comunidades de baixa renda do RJ e coordenou o Serviço Civil Voluntário, projeto de formação cidadã para jovens, ambos desenvolvidos pela Viva Rio. Sandra também foi diretora financeira do ISER e gestora financeira da área de segurança pública da ONG Viva Rio.

...MAIS