Pesquisa Internacional sobre Homens e Equidade de Gênero (IMAGES)

Pesquisa

IMAGES é um dos questionários domiciliares mais abrangentes realizados sobre as atitudes e práticas de homens – com opiniões e relatos de mulheres – incluindo uma grande variedade de tópicos relacionados à igualdade de gênero.

Programas

Os dados e conclusões gerados a partir da pesquisa IMAGES serviram de base para o desenvolvimento das principais iniciativas do Promundo, sendo utilizados na criação e planejamento de diversas intervenções que visam engajar homens na promoção da equidade de gênero e prevenção de violência contra mulheres.

Advocacy

Os resultados da pesquisa IMAGES fomentaram discussões em nível nacional e o desenvolvimento de novas políticas, incluindo promoção de iniciativas para a saúde do homem realizadas no Brasil e debates com o Ministério da Saúde, no Chile, sobre o envolvimento de homens no parto, entre outros.

 

 

Criada e co-cordenada por Promundo e International Center for Research on Women (ICRW), a pesquisa IMAGES é um dos estudos mais abrangentes realizados sobre as práticas e atitudes de homens relacionadas a normas de gênero, atitudes diante de políticas de igualdade de gênero e dinâmicas familiares e domésticas, incluindo o cuidado e o envolvimento dos homens enquanto pais, violência entre parceiros íntimos, saúde e questões econômicas.

A pesquisa IMAGES inclui itens do estudo multi-país sobre violência contra a mulher da Organização Mundial de Saúde (OMS), de questionários demográficos, de saúde e da Escala GEM – Gender Equitable Men (Atitudes Equitativas de Gênero para Homens) – um instrumento para avaliar as atitudes masculinas relacionadas a gênero, que foi adaptado e validado em pesquisas domiciliares em mais de 20 países.

O questionário IMAGES tem sido adaptado em vários contextos, mantendo um conjunto básico de questões comparáveis, para garantir a sua aceitabilidade e relevância cultural. No caso de situações de conflito e pós-conflito, o questionário inclui itens adicionais sobre as repercussões do conflito e deslocamentos nas relações de gênero. O questionário quantitativo é sempre aplicado com uma pesquisa qualitativa para mapear masculinidades, contextualizar os resultados do questionário e incluir dados das histórias de vida que permitem ilustrar as informações quantitativas.

Até o momento IMAGES foi realizada em mais de 10 países, incluindo Bósnia Herzegovina, Brasil, Chile, Croácia, República Democrática do Congo, Índia, Malawi, Mali, México e Ruanda. Entre 2009 e 2013, os questionários domiciliares foram aplicados com a participação de mais de 16.000 homens e 5.000 mulheres, com idades entre os 18 e 59 anos.

Com o apoio do International Development Research Center, atualmente estão em andamento adaptações da pesquisa IMAGES em contextos de alta violência urbana e pós-conflito (Rio de Janeiro, Brasil e Maputo, Moçambique, respectivamente). Estas adaptações incluem questionários domiciliares que visam compreender as relações entre exposição à violência e (des)igualdade de gênero, entre outras questões. Nestes casos, a pesquisa qualitativa que é conduzida em conjunto, busca – por meio de relatos de histórias de vida – entender trajetórias de homens que buscaram alternativas à violência, ou reduziram o seu uso; conexões entre violência(s) que tradicionalmente ocorrem nos espaços públicos e as que ocorrem entre parceiros íntimos e na esfera familiar.

Os resultados da pesquisa IMAGES têm sido apresentados e discutidos em diversas reuniões nacionais e internacionais e amplamente difundidos para promover mudanças de políticas para engajar homens e meninos pela equidade de gênero. Em nível nacional, os dados IMAGES têm alimentado políticas e ações de várias formas, inspirando iniciativas sobre saúde do homem no Brasil, discussões com o Ministério de Saúde no Chile sobre o envolvimento de homens no momento do parto, novas e progressivas políticas de educação em sexualidade na Croácia e atividades de prevenção de violência baseada em gênero com homens no leste da República Democrática do Congo.

IMAGES recebeu reconhecimento, apoio e financiamento por parte de diversas organizações internacionais como o Banco Mundial, CARE, ONU Mulheres, FNUP, PNUD, Fundação Ford, International Development Research Center, DFID, SIDA, e NORAD. Os dados e conclusões do questionário IMAGES têm sido apresentados em seminários e eventos em mais de 20 países. A pesquisa IMAGES inspirou ainda o programa Partners for Prevention (o programa da ONU para envolver os homens pelo fim da violência contra as mulheres), que realizou questionários domiciliares semelhantes, centrando-se em homens e violência baseada em gênero em Bangladesh, Camboja, China, Indonésia, Papua Nova Guiné e Sri Lanka.


Relatórios e Publicações

Os relatórios IMAGES têm sido amplamente difundidos e usados para inspirar debates políticos sobre a importância do envolvimento de homens e meninos na luta pela equidade de gênero. Os parceiros de investigação em cada país foram escolhidos com base no seu interesse e habilidade em usar os resultados para conduzir ações para influenciar políticas públicas. O relatório Bridges to Adulthood (Pontes para a Vida Adulta), usa dados IMAGES para entender o impacto das experiências violentas durante a infância ao longo da vida dos homens. Além disso, o documento do Banco Mundial, Engaging Men and Boys in Advancing Women’s Agency: Where we stand and new directions (Envolvendo Homens e Meninos no Avanço da Autonomia das Mulheres: Onde estamos e novas direções), usa dados da pesquisa IMAGES para compreender como envolver melhor homens e meninos enquanto aliados para o avanço na autonomia das mulheres. Além desses reconhecimentos, uma série de artigos sobre a pesquisa IMAGES foram publicados em revistas como Men and Masculinities (Sage).

Publicações gerais

Evolving Men: Initial Results from the International Men and Gender Equality Survey (IMAGES) – Análise inicial e comparativa dos resultados dos questionários preenchidos por homens em seis países (Brasil, Chile, Croácia, Índia, México e Ruanda), contando com informações sobre variáveis chave dos questionários aplicados com mulheres.

Homens que Cuidam: Um Estudo Qualitativo Multipaís sobre Homens em Papéis Não Tradicionais de Cuidado – Este estudo apresenta os resultados das histórias de vida realizadas com mais de 80 homens em 5 países – todos responsáveis pelo cuidado em casa ou no meio profissional. Estas entrevistas proporcionam informações sobre os desafios enfrentados pelos homens quando assumem de forma mais igualitária tarefas de cuidado, bem como sobre os meios de estimular mais homens a desempenhar tais papéis.

What men have to do with it: Public Policies to Promote Gender Equality – Apresenta revisão de dados de vários países e análise de políticas que visam envolver os homens na promoção da equidade de gênero e redução de disparidades de gênero nos campos da saúde e bem estar social. As revisões de políticas realizadas por parceiros no Brasil, Chile, Índia, México e África do Sul, com breves informações sobre Noruega e Tanzânia, são o foco principal do relatório.

Relatórios dos Países Específicos

Publicações sobre Atitudes de Gênero

Measuring Gender Attitude: Using Gender-Equitable Men Scale (GEMS) in Various Socio-Cultural Settings – Este relatório explica o desenvolvimento da escala GEM e o processo de adaptação por país desta escala. Também destaca a sua relevância enquanto instrumento de medição da desigualdade de gênero.

Measuring Attitudes toward Gender Norms among Young Men in Brazil: Development and Psychometric Evaluation of the GEM Scale – Este relatório descreve o desenvolvimento e avaliação psicométrica da Escala GEM, na qual itens como normas de gênero relacionadas à saúde sexual e reprodutiva, relações sexuais, violência, trabalho doméstico e homofobia foram testados entre homens jovens no Brasil.

Pathways to Gender-Equitable Men: Findings from the International Men and Gender Equality Survey in Eight Countries – Este artigo apresenta os resultados de IMAGES, um dos esforços mais abrangentes do seu gênero a reunir dados sobre atitudes e práticas masculinas relacionadas com a igualdade de gênero, em oito países: Brasil, Chile , México, Índia, Bósnia e Herzegovina, Croácia, República Democrática do Congo e Ruanda. Ele apresenta uma imagem atual de atitudes dos homens sobre gênero e equidade de gênero, explora os fatores determinantes das atitudes equitativas, e investiga as associações entre essas atitudes e comportamentos de relacionamento.

Working with Men and Boys to Prevent Gender-based Violence: Principles, Lessons Learned, and Ways Forward – Este artigo consiste em análise dos fundamentos do trabalho com homens e meninos para a equidade de gênero; descreve as principais conclusões dos estudos de vários países – incluindo IMAGES – sobre a relação entre as noções de masculinidade e práticas relacionadas a gênero por parte dos homens; registra os princípios fundamentais que orientam a maior parte dos trabalhos pela promoção da equidade de gênero com homens e meninos; identifica estratégias emergentes e propõe próximos passos fundamentais para ampliar o alcance, impacto e sustentabilidade do trabalho de transformação de gênero com homens e meninos.

Publicações sobre Violência

Engaging Men and Boys in Advancing Women’s Agency: Where We Stand and New Directions – Este relatório descreve o desenvolvimento e avaliação psicométrica da Escala GEM, na qual itens como normas de gênero relacionadas à saúde sexual e reprodutiva, relações sexuais, violência, trabalho doméstico e homofobia foram testados entre homens jovens no Brasil.

The Making of Sexual Violence: How Does a Boy Grow Up to Commit Rape? – Este relatório apresenta um resumo de cinco perspectivas de estudos da pesquisa IMAGES, discutindo resultados relacionados com a perpetração masculina de violência e investigando sete áreas de possível influência sobre a prática de violência sexual por parte de homens. Inclui ainda lições aprendidas e recomendações.

Bridges to Adulthood: Understanding the Lifelong Influence of Men’s Childhood Experiences of Violence – Este relatório explora a prevalência e natureza da violência contra as crianças, bem como os seus potenciais efeitos ao longo da vida. Usando dados da pesquisa IMAGES em seis países (Brasil, Chile, Croácia, Índia, México e Ruanda), o relatório expande o entendimento destas questões através da análise de informações de países de baixa e média renda, explorando os relatos de homens sobre experiência e prática de violência e examinando categorias amplas de efeitos de longo prazo.

Publicações sobre Paternidade e Cuidado

Global pathways to men’s caregiving: Mixed methods findings from the International Men and Gender Equality Survey and the Men Who Care study – Este estudo, que combina vários métodos, analisa quais são os homens mais envolvidos em atividades de cuidado e quais os fatores na infância e idade adulta que influenciam o seu nível de envolvimento. O artigo foi aceito para publicação na revista Global Public Health: An International Journal for Research, Policy and Practice, 2014, copyright Taylor & Francis, Disponível online aqui.