MenCare+

Pesquisa

O programa MenCare+, +Pai no Brasil, tem por base os resultados da pesquisa IMAGES (International Men and Gender Equality Survey), um questionário multipaís, que identificou uma forte ligação entre as experiências de violência dos homens durante a infância e a reprodução de violência na vida adulta, bem como uma associação entre atitudes equitativas de homens que testemunharam a participação de seus pais nas tarefas domésticas e de cuidado na infância.

Intervenção

MenCare+ envolve homens e mulheres jovens, bem como futuros pais e mães, em atividades educativas em grupo sobre equidade de gênero, relacionamentos não violentos, saúde sexual e saúde reprodutiva, saúde materna eo-infantil, e paternidade e autocuidado masculino. Um componente adicional deste programa são os grupos de reflexão com homens que usaram violência contra as suas parceiras.

Campanha

São realizadas campanhas nacionais e comunitárias no âmbito da campanha global de paternidade MenCare com o objetivo de sensibilizar homens e mulheres sobre os papeis dos homens enquanto pais e cuidadores, além de promover a saúde sexual e saúde reprodutiva, no autocuidado masculino e a saúde materna e infantil

Advocacy

As organizações parceiras MenCare+ constroem alianças e realizam incidência política junto de organizações e governos visando promover políticas que favoreçam o envolvimento dos homens enquanto pais e cuidadores, bem como a sua participação na saúde materna e infantil e nas decisões sobre saúde sexual e saúde reprodutiva.

 

O programa MenCare+, um desdobramento da campanha internacional MenCare, é uma colaboração de três anos entre o Promundo e a Rutgers WPF, que visa engajar meninos e homens com idades entre 15 e 35 anos como parceiros na saúde materna e infantil e na saúde sexual e saúde reprodutiva. O programa conta com o apoio do Ministério das Relações Exteriores da Holanda e está sendo implementado no Brasil, Indonésia, Ruanda e África do Sul. No Brasil, o programa recebe o nome de +Pai.

O sinal “+” (mais) em MenCare+ representa o esforço específico de trazer os homens para o sistema de saúde como participantes ativos no cuidado com sua própria saúde, bem como na saúde de suas parceiras e filhos e filhas. Em conjunto com os sistemas de saúde nos quatro países, os parceiros nacionais MenCare+ realizam sessões de educação em grupo com jovens, casais e pais sobre saúde sexual e saúde reprodutiva, saúde materna e infantil, igualdade de gênero e cuidado. Os facilitadores e facilitadoras dos grupos de pais podem usar estratégias e atividades específicas do Programa P (P de pai e padre, em português e espanhol), um manual produto da iniciativa MenCare, para envolver os homens na paternidade e no cuidado desde a gravidez e até a primeira infância da criança. As organizações locais parceiras também desenvolvem grupos de reflexão para homens que cometeram violência e oficinas com profissionais de saúde sobre a importância de engajar os homens na paternidade e no cuidado. No Brasil, por exemplo, são realizados grupos reflexivos com homens que cometeram violência contra suas parceiras e que estão cumprindo pena no âmbito da Lei Maria da Penha.

Para garantir a sustentabilidade do MenCare+, os parceiros têm se aproximado de organizações de saúde e educação para que incorporem a iniciativa junto aos sistemas públicos de saúde e educação de cada país participante do programa. Desde 2013, oficinas de sensibilização sobre sexualidade e gênero estão sendo realizadas junto a estudantes do ensino médio, em parceria com as Secretarias de Saúde e Educação do Estado do Rio de Janeiro, visando engajá-los em ações de promoção da saúde sexual e saúde reprodutiva. A iniciativa intitulada Campanha Sem Vergonha até o final de 2015 terá sido implementada em 15 escolas do Estado do Rio de Janeiro e atingido cerca de nove mil alunos.

Rutgers WPF, Promundo e parceiros estão desenvolvendo e testando abordagens baseadas em evidências para melhorar as atividades e os resultados do programa, incluindo planos para a publicação de um relatório baseado na avaliação do programa em Ruanda.

Saiba mais sobre os programas nacionais MenCare+ e sobre as organizações parceiras em: www.men-care.org/plus

Programas Relacionados:

  • MenCare: A campanha MenCare promove o envolvimento igualitário dos homens nas tarefas de cuidado e práticas de paternidade equitativa e não violenta em todo o mundo.
  • Programa P: O Manual do Programa P disponibiliza estratégias e atividades para engajar os homens na paternidade e no cuidado, envolvendo-os desde a gravidez até a primeira infância de seus filhos.
  • IMAGES (Pesquisa Internacional sobre Homens e Equidade de Gênero): IMAGES mede as atitudes e práticas de homens – com opiniões e relatos de mulheres – incluindo uma uma grande variedade de tópicos relacionados à equidade de gênero.